quinta-feira, 29 de março de 2012

Pânico no Reino Unido: Corrida aos postos de combustíveis devido a ameaça de greve


A venda de combustíveis disparou nos últimos dois dias no Reino Unido. Muitas bombas de gasolina estavam esgotadas na manhã de hoje. Tudo por causa duma ameaça de greve dos distribuidores e de um alerta do governo aconselhando os consumidores a abastecerem seus veículos.

“Sim, há alguma preocupação, mas espero que no final impere o bom senso e a greve não se realize” – afirma uma motorista inglesa.

Só na terça-feira a venda de gasolina subiu 45 por cento, já outros combustíveis subiram 20 por cento. Muitas pessoas encheram tambores de combustível para deixar armazenado em suas residências, o que forçou um alerta por parte do sindicato dos bombeiros sobre o perigo de guardar gasolina em casa.


 As críticas choveram sobre o governo depois do primeiro-ministro afirmar: “Não há necessidade de ir a correr comprar carburante mas é claro que as pessoas devem tomar precauções se tiverem a oportunidade de atestar o depósito, em particular se uma greve estiver a caminho.”

A greve ainda não está convocada e os sindicatos têm de dar um pré-aviso de sete dias. Os motoristas dos camiões-cisternas afirmam que a fragmentação do setor está a colocando em perigo as condições de trabalho e a segurança da atividade.


Fonte: Euro News

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário