quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Líder chinês disse que uma "nova ordem mundial" é necessário


O líder chinês, Xi Jinping, disse hoje que nenhum país pode resolver em seus próprios problemas atuais do mundo e apoiou a criação de uma nova ordem internacional que garante a paz eo desenvolvimento dos estados.
Em seu primeiro discurso dedicado à política externa desde sua eleição no mês passado como o novo secretário-geral do Partido Comunista da China (PCC), Xi disse que em tempos de situação global é cada vez mais necessária a cooperação entre os Estados .
De acordo com Xi comunidade internacional deve se esforçar para estabelecer um desenvolvimento mais equitativo global e equilibrada, e que os países devem levar em conta as legítimas aspirações dos outros povos a desempenhar para garantir seus próprios interesses.
O líder de 59 anos chinês expressou essas idéias durante sua primeira reunião como o novo líder do CPC segurando especialistas estrangeiros que trabalham na China, em projetos de desenvolvimento econômico, científico, tecnológico e cultural.
A comunidade internacional está se tornando cada vez mais uma comunidade de destino comum, uma vez que aprofunda a interligação e interdependência entre os países, disse Xi, com mais de 20 especialistas estrangeiros e representantes do governo se reuniram no Grande Salão do Povo.
Em um momento de difícil situação internacional econômica e outros problemas globais, nenhum país pode resolver por conta própria ou ofuscar os outros, disse o secretário-geral do CPC, que em Março próximo vai presidir o gigante asiático.
O mundo de hoje não é pacífica, embora a questão destes tempos ainda é a paz eo desenvolvimento, por isso precisamos ficar juntos e ajudar-se mutuamente na resolução de problemas globais, acrescentou.
Xi reiterou em seu discurso a vontade de a nova liderança chinesa para continuar a avançar no processo de reforma e abertura, para garantir que este país, estabelecida como a segunda maior economia, vai abrir ainda mais portas no desempenho de suas metas de crescimento.
O líder chinês também destacou que seu país está comprometido a continuar o caminho para um desenvolvimento pacífico que não prejudique ou em detrimento de outros.
Nenhum país pode ter medo do desenvolvimento da China porque o nosso desenvolvimento pacífico não é uma ameaça para ninguém, disse Xi.
Prensa Latina

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário