domingo, 1 de abril de 2012

CHÁVEZ: EUA PODEM TER PRODUZIDO TECNOLOGIA PARA CAUSAR CANCER EM LÍDERES LATINOS



Líder venezuelano faz alerta para que Evo Morales tome cuidado e não seja a próxima e sexta vítima. 
O presidente venezuelano Hugo Chávez aproveitou ontem o anúncio da sua homóloga Argentina, Cristina Kirchner, de que sofre de cancro para tornar públicas as suas “reflexões” sobre o que pode estar por detrás da “estranha coincidência” de serem já cinco os líderes de países da América Latina atingidos pela doença. Suspeita: os Estados Unidos podem ter desenvolvido uma tecnologia para causar a doença nos chefes de Estado.

“Não seria estranho se eles tiverem desenvolvido uma tecnologia para induzir câncer e ninguém saiba disso até agora... Não sei. Estou apenas a reflectir Mas é muito, muito, muito estranho”, disse, num discurso numa base militar.

O presidente venezuelo disse ainda que há muito tempo Fidel Castro o alertara para a possibilidade de envenamento orquestrado pelos Estados Unidos. “Fidel sempre me disse: ‘Chávez, tome cuidado. Essa gente desenvolveu tecnologia. Você tem muito pouco cuidado. Tem de prestar atenção ao que come, ao que eless te dão para comer... Uma pequena agulha e eles te injectam sei lá o quê”.

Chávez disse ainda que outros líderes da região devem ficar atentos, como o seu aliado Evo Morales, presidente da Bolívia. “Nós temos que cuidar bem de Evo. Tome cuidado, Evo”.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, é a quinta líder da América Latina a ser diagnosticada com cancro nos últimos anos. A lista inclui os líderes brasileiros Lula da Silva e, antes dele, Dilma Rousseff, o paraguaio Fernando Lugo e o venezuelano Hugo Chávez.

Hugo Chávez criticou ainda acusações dos Estados Unidos e da Europa de que as eleições parlamentares na Rússia tenham sido manobradas, frisando que a mesma reacção está já a ser planeada para as eleições presidenciais na Venezuela, em Outubro, em que Chavés tentará a reeleição.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário