segunda-feira, 23 de abril de 2012

Uniforme com chip registra falta de alunos em escolas na Bahia

 
Com o objetivo de manter os pais bem informados sobre os seus filhos, a prefeitura de Vitória da Conquista,  região sudoeste da Bahia (BA),  lançou um uniforme com chip que será distribuído aos alunos das escolas municipais. De acordo com a assessoria da prefeitura, a cidade é a primeira do Brasil a receber o fardamento digital, que teve um custo de R$ 1,2 milhão.



A iniciativa foi lançada no dia 20/03/2012, pela Secretaria de Educação no Centro de Educação Paulo Freire (Caic). O projeto funciona em fase experimental desde 2011 e deve ser expandido para 25 das 203 unidades escolares do município, segundo estimativa da Secretaria. O projeto atenderá inicialmente a mais de 20 mil alunos que receberão o novo uniforme escolar gratuitamente. A etiqueta de cada uniforme terá um número universal, que deverá ser cadastrado no sistema escolar com os dados dos alunos e com o número de celular dos pais ou responsáveis. Um sensor será instalado na entrada da escola, confirmando a entrada e a saída do estudante. Sempre que o aluno passar pelo sensor, imediatamente, será encaminhada uma mensagem de texto (SMS) para o celular cadastrado.



De acordo com o secretário da Educação de Vitória da Conquista, Coriolano Moraes, a tecnologia vai permitir que os pais estejam mais presentes na vida escolar dos filhos. "O nosso objetivo é interagir o uniforme inteligente com o Projeto de Integração Família e Escola, para que possamos promover cada vez mais essa integração e melhorar o debate, o diálogo, o acompanhamento e a permanência dos alunos na escola.", afirmou durante o lançamento da iniciativa, na terça-feira. “Todos os pais terão os telefones cadastrados e receberão alerta via celular sobre a entrada ou saída da escola. O sistema faz a captação através de sensores que são instalados nas unidades. Eles fazem automaticamente a leitura dos chips e repassam a informação via mensagem de texto aos pais”, explica o secretário.
 


O chip foi instalado no brasão da escola ou na manga da camiseta. O projeto funciona de forma experimental desde o ano passado e vai passar a ser utilizado oficialmente a partir da próxima semana.

FONTE: 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário